Você está em: Home -> Notícias da Igreja -> Parada Gay: respeitar e ser respeitado
Parada Gay: respeitar e ser respeitado

Parada Gay: respeitar e ser respeitado

03.07.2011

Eu não queria escrever sobre esse assunto; mas diante das provocações e ofensas ostensivas à comunidade católica e cristã, durante a Parada Gay deste último domingo, não posso deixar de me manifestar em defesa das pessoas que tiveram seus sentimentos e convicções religiosas, seus símbolos e convicções de fé ultrajados.

Ficamos entristecidos quando vemos usados com deboche imagens de santos, deliberadamente associados a práticas que a moral cristã desaprova e que os próprios santos desaprovariam também. Histórias romanceadas ou fantasias criadas para fazer filmes sobre santos e personalidades que honraram a fé cristã não podem servir de base para associá-los a práticas alheias ao seu testemunho de vida. São Sebastião foi um mártir dos inícios do Cristianismo; a tela produzida por um artista cerca de 15 séculos após a vida do santo, não pode ser usada para passar uma suposta identidade homossexual do corajoso mártir. Por que não falar, antes, que ele preferiu heroicamente sofrer as torturas e a morte a ultrajar o bom nome e a dignidade de cristão e filho de Deus?!

“Nem santo salva do vírus da AIDS”. Pois é verdade. O que pode salvar mesmo é uma vida sexual regrada e digna. É o que a Igreja defende e convida todos a fazer. O uso desrespeitoso da imagem dos santos populares é uma ofensa aos próprios santos, que viveram dignamente; e ofende também os sentimentos religiosos do povo. Ninguém gosta de ver vilipendiados os símbolos e imagens de sua fé e seus sentimentos e convicções religiosas. Da mesma forma, também é lamentável o uso desrespeitoso da Sagrada Escritura e das palavras de Jesus – “amai-vos uns aos outros” – como se ele justificasse, aprovasse e incentivasse qualquer forma de “amor”; o “mandamento novo” foi instrumentalizado para justificar práticas contrárias ao ensinamento do próprio Jesus.

A Igreja católica refuta a acusação de “homofóbica”. Investiguem-se os fatos de violência contra homossexuais, para ver se estão relacionados com grupos religiosos católicos. A Igreja Católica desaprova a violência contra quem quer que seja; não apoia, não incentiva e não justifica a violência contra homossexuais. E na história da luta contra o vírus HIV, a Igreja foi pioneira no acolhimento e tratamento de soro-positivos, sem questionar suas opções sexuais; muitos deles são homossexuais e todos são acolhidos com profundo respeito. Grande parte das estruturas de tratamento de aidéticos está ligada à Igreja. Mas ela ensina e defende que a melhor forma de prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis é uma vida sexual regrada e digna.

Quem apela para a Constituição Nacional para afirmar e defender seus direitos, não deve esquecer que a mesma Constituição garante o respeito aos direitos dos outros, aos seus símbolos e organizações religiosas. Quem luta por reconhecimento e respeito, deve aprender a respeitar. Como cristãos, respeitamos a livre manifestação de quem pensa diversamente de nós. Mas o respeito às nossas convicções de fé e moral, às organizações religiosas, símbolos e textos sagrados, é a contrapartida que se requer.

A Igreja Católica tem suas convicções e fala delas abertamente, usando do direito de liberdade de pensamento e de expressão. Embora respeitando as pessoas homossexuais e procurando acolhê-las e tratá-las com respeito, compreensão e caridade, ela afirma que as práticas homossexuais vão contra a natureza; essa não errou ao moldar o ser humano como homem e mulher. Afirma ainda que a sexualidade não depende de “opção”, mas é um fato de natureza e dom de Deus, com um significado próprio, que precisa ser reconhecido, acolhido e vivido coerentemente pelo homem e pela mulher.

Causa preocupação a crescente ambiguidade e confusão em relação à identidade sexual, que vai tomando conta da cultura. Antes de ser um problema moral, é um problema antropológico, que merece uma séria reflexão, em vez de um tratamento superficial e debochado, sob a pressão de organizações interessadas em impor a todos um determinado pensamento sobre a identidade do ser humano. Mais do que nunca, hoje todos concordam que o desrespeito às leis da natureza biológica dos seres introduz neles a desordem e o descontrole nos ecossistemas; produz doenças e desastres ambientais e compromete o futuro e a sustentabilidade da vida. Ora, não seria o caso de fazer semelhante raciocínio, quando se trata das leis inerentes à natureza e à identidade do ser humano? Ignorar e desrespeitar o significado profundo da condição humana não terá consequências? Será sustentável para o futuro da civilização e da humanidade?

As ofensas dirigidas não só à Igreja Católica, mas a tantos outros grupos cristãos e tradições religiosas não são construtivas e não fazem bem aos próprios homossexuais, criando condições para aumentar o fosso da incompreensão e do preconceito contra eles. E não é isso que a Igreja Católica deseja para eles, pois também os ama e tem uma boa nova para eles; e são filhos muito amados pelo Pai do céu, que os chama a viver com dignidade e em paz consigo mesmos e com os outros.

Publicado em O SÃO PAULO, ed. de 28.06.2011
Card. Odilo P. Scherer
Arcebispo de São Paulo

Share

Tags: , , ,

Comentários:

  • Moh - 03.07.2011 às 16:26

    Olha vcs são um bando de recalcados
    que naum podem ver ninguem feliz quem são vcs
    padres papas e bispos e coroinhas pra falar
    alguma coisa de homossexualismo se ate mesmo
    vcs que se dizer ser casados com cristo fazer
    sexo com outros homens; alias homens naum crianças
    que são o alvo mais facil de vcs criam vergonha na cara
    sai de tras dessa batina e vamos para uma parada gay se quer ser gay seja assumido e naum fique com menores por que
    é a pior coisa que tem é vc ver seu filho indo para uma igreja pensondo que ele esta seguindo uma religiao e vcs tão dando bicicletas um monte coisa pra eles ficarem com vcs Fikadika# pense bem melhor antes de seguir uma religião!!!! Bjs


Nome


E-mail






Campanha de Natal
Últimas Fotos

Created with flickr slideshow.
AGENDA OUT/NOV
Clique nos eventos para saber mais!

17/09 - IV SEMINÁRIO DE CURA INTERIOR

10/11 - FUTSAL SOLIDÁRIO 15 ANOS

16/11 - SHOW COM MISSIONÁRIO COSME

22/11 - BALADA SANTA - SANCTUS FEST


Entre em contato e agende missões conosco: (37) 3016-3625

*CESA : Centro de Evangelização Sacramento de Amor

Veja agenda completa aqui!
Reze conosco!
Redes Sociais
Nos acompanhe nas redes sociais!!!

Amigos do Facebook
Jornal Informativo Mensal
Sacramento de Amor
Mural de Recados
mi
12.09.2014 - Sexta-Feira
QUE HOJE HAJA PAZ DENTRO DE MIM, QUE EU POSSA CONFIAR NO PODER MAIS ALTO QUE É DEUS, POIS ESTOU EXATAMENTE ONDE DEVO ESTAR.QUE SEJA FEITA A VONTADE DE DEUS!!!NOSSO PAI QUE EU NÃO ME ESQUEÇA AS POSSIBILIDADES INFINITAS QUE NASCEM DA FÉ, QUE EU POSSA USAR ESTAS BENÇÃOS QUE SÃO DADAS, QUE EU POSSA ME SENTIR SATISFEITO SABENDO QUE SOU FILHO DE DEUS, E , PERMITA-ME SENHOR QUE SUA PRESENÇA SE ESTABELEÇA EM MEUS GESTOS DE FÉ A MINHA ALMA A LIBERDADE PARA CANTAR E DANÇAS E SE AQUEÇAM NA LUZ QUE ESTÁ AQUI PARA TODOS NÓS!!! AMÉM!!!
Gilliane
21.06.2014 - Sádado
Deus abençoe vcs,sou Gilliane ex interna da casa de Campo Belo ,hoje vivo uma historia diferente em minha vida graças a vcs e a Deus q me trilhou no caminho de pessoas especiais como vcs muita saudades estou morando em Divinopolis e preciso de muita força de vcs espero anciosa rever vcs !!Obrigada por colcar a semente em meu coração q hj gemina e quero q floreça junto com vcs quero rever e participar sempre de tudo!Beijo Drica ,Deumario e Tamiris,Eduardo e Roberta e a tds!!
denilson
20.06.2014 - Sexta-Feira
que DEUS continue abencoando a todos por esse trabalho de evangelizaçao,sabemos das armadilhas do inimigo pra nos afastar de DEUS precisamos estar atento e nao deixar cair em tentaçao.que nossa senhora continue derramando bençaos sobre esta obra e cubra cada um de vcs com seu manto sagrado.
Google Analytics
Receba nossas novidades!
Loading...Loading...


Apoiadores | Que nosso Deus não deixe faltar nada a você
Seja um Apoiador
Somadil Ciap Contal lemos lubrificantes Oi Divinopolis Div Botoes bozo Posto
Twitter
YouTube
Flick
Facebook
Comunidade Católica Sacramento de Amor
Divinópolis – MG
Clique aqui e fale conosco
Copyright 2014 - Comunidade Católica Sacramento de Amor - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Agência Católica | Baseado no Wordpress
Website desenvolvido por Agência Católica
Qualidade e Profissionalismo a Serviço de Deus